18 de março de 2008

O MONGE E O EXECUTIVO (Leitura/Resumo)


O MONGE E O EXECUTIVO (Leitura/Resumo)

Terminei agora de fazer esta leitura que, desde o início, há uma semana atrás, foi muito instigante e motivadora. Confesso que este é um daqueles livros, cuja leitura é difícil de deixar pra depois. Resolvi, portanto compartilhar com os meus amigos e amigas alguns conceitos que, espero, os motivem também à leitura.

Como diz o sub-título, é uma história que o autor nos conta (e James Hunter é um bom contador de histórias) sobre uma pessoa em crise com a sua vida e sua carreira. John Daily, o protagonista e ao mesmo tempo narrador da história, é um executivo com sérios problemas profissional, familiar e pessoal, a ponto de o levarem a questionar sua própria razão de existir. Experimenta uns acontecimentos misteriosos do ponto de vista espiritual, que culminam com sua ida a um Retiro de uma semana, para 6 pessoas, aos pés de um frade instrutor, cujo nome adotado pela ordem a que pertence revela, com intensa perturbação, que algo muito misterioso e, ao mesmo tempo profundo e transformador estava para acontecer com John.

Este frade é/foi, na verdade, o brilhante palestrante e eficiente consultor de empresas Leonard Hoffman, que a certo ponto da carreira, após a morte de sua esposa, abandona tudo e vai morar neste mosteiro beneditino, onde torna-se monge.

O leitor acaba sendo um dos participantes do retiro e, tem a oportunidade de usufruir e interagir com os conceitos de liderança apresentados e produzidos pelos participantes.

De linguagem leve, divertida e claríssima, a obra pode lavar o leitor a estabelecer um novo conceito de liderança, e até mesmo de estilo de vida. É mesmo um livro transformador.

O estilo apresentado é o da “liderança construída sobre autoridade ou influência , que por sua vez são constituídas sobre serviço e sacrifício, que são construídos sobre o amor” (P. 95)

Fiquem, então, com alguns pequenos recortes que também guardarei pra mim, e me ajudarão em meu processo de transformação.

“o amor é o que amor faz”

“Liderança: É a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum”


“Poder: É a faculdade de forçar ou coagir alguém a fazer sua vontade, por causa da sua força ou posição, mesmo que a pessoa preferisse não o fazer”

“Autoridade: a habilidade de levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que você quer por causa da sua influência pessoal.”

“comportamento é escolha.”

“quando uso a palavra amor eu me refiro a um comportamento e não a um sentimento”

“a chave para a liderança é executar as tarefas enquanto se constroem os relacionamentos”

“Tudo na vida gira em torno dos relacionamentos”

“um líder é alguém que identifica e satisfaz as necessidades legítimas de seus liderados e remove todas as barreiras para que possam servir ao cliente. De novo, para liderar você deve servir.”

“A autoridade sempre se estabelece ao servir aos outros e sacrificar-se por eles.”

“precisamos uns dos outros... os arrogantes e orgulhosos fingem que não precisam... que piada! Um par de mãos me tirou do útero... outro trocou minhas fraudas, me alimentou, me nutriu, outro ainda me ensinou a ler e escrever. Agora, outros pares de mãos cultivam minha comida, entregam minha correspondência, coletam meu lixo, fornecem-me eletricidade... um par de mãos cuidará de mim quando eu ficar doente e velha, e me levará de volta à terra quando eu morrer.”

“Atrasar-se, também transmite a mensagem de que eu não devo ser muito importante pra pessoa, porque ela certamente seria pontual com alguém que ela achasse importante”.

“... sentimentos vêm e vão, e é o compromisso que nos sustenta”

“amar vinte homens durante um ano é fácil se comparado a amar um homem durante vinte anos”

Amor e Liderança

Paciência
Mostrar auto-controle
Bondade
Dar atenção, apreciação e incentivo
Humildade
Ser autêntico e sem pretensão ou arrogância
Respeito
Tratar os outros como pessoas importantes
Abnegação
Satisfazer as necessidades dos outros
Perdão
Desistir de ressentimento quando prejudicado
Honestidade
Ser livre de engano
Compromisso
Sustentar suas escolhas
Resultados:
Serviço e
Sacrifício
Pôr de lado suas vontades e necessiadades;
Buscar o maior bem para os outros

“Contas bancárias relacionais...”


“Não é meu trabalho pilotar o navio;
Nunca soprarei a corneta.
Não é meu lugar dizer até onde o navio irá.
Não tenho licença para ir ao convés
Ou mesmo tocar o sino.
Mas se esta coisa começar a afundar
Olhe quem vai para i inferno!”

“O homem é essencialmente autodeterminante. Ele se transforma no que fez de si mesmo...”

“os que seguem a multidão nunca serão seguidos por ela”

“... todas as grandes religiões do mundo ensinam a superar nossa natureza egoísta.”

“intenções menos ações é igual a nada”

“se nada muda, nada muda.”

“ a definição de insanidade é continuar a fazer o que você sempre fez, desejando obter resultados diferentes!”

“de nada vele aprender bem se você deixar de fazer bem!”

2 comentários:

flavio disse...

Cara, tentei ler este livro 03 vezes. Paro sempre na parte em ele vai pro mosteiro. To precisando de um livro de auto-ajuda para ler livro de auto-ajuda! (brincadeirinha reverendo!!!!!) 7 da noite, no aeroporto, esperando voo atrasado para casa, cara, publica um livro de auto ajuda pra viajante brasileiro!! Briancadeiras a parte, recomendo o livro e depois filme, As 05 pessoas que voce encontra no Ceu, do Mitch Albon. Um forte abraço!

Anônimo disse...

Olá,
fizemos aqui na Empresa um trabalho de coaching no ano passado e trabalhamos muito com este livro. Realmente concordo com tudo o que vc comentou. É um livro que não só fala sobre liderança mas também sobre nossos posicionamentos perante a vida e suas consequências. Adorei!!!
Beijos, Eri